A importância da logística omnichannel para as empresas do setor de transporte de cargas

Diante do crescimento do e-commerce, transportadoras do segmento precisam estar atentas às tendências logísticas e a seus benefícios



Foto: Divulgação


Com o avanço da tecnologia e o aumento do consumo, a logística eficiente e veloz tem se tornado cada vez mais necessária para as empresas que efetivam as entregas. Em 2020, com o engrandecimento do e-commerce, isso ficou ainda mais evidente. Segundo um levantamento da Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm), o e-commerce cresceu 68% em 2020 e teve um faturamento 41% maior em comparação ao ano anterior.

Diante dessa nova ordem de consumo, uma modalidade logística tem ganhado cada vez mais espaço: a logística omnichannel.


A logística omnichannel está relacionada ao aperfeiçoamento de processos que garantem a entrega dos produtos com qualidade, segurança e rapidez, independentemente do canal de compra escolhido pelo consumidor. Nesse serviço, todos os processos e atividades logísticas passam a ser executados de maneira uniforme e padronizada, tanto no meio on-line quanto no off-line.


De acordo com Guilherme Juliani, CEO da Flash Courier, empresa especializada no transporte e entrega de cargas expressas, “a logística omnichannel é basicamente a integração entre o canal físico e o on-line, ou seja, é uma estratégia de venda cujo foco é o trabalho conjunto de todos os canais utilizados na empresa. Para o segmento logístico, essa integração oferece diversos benefícios e principalmente melhora a experiência do cliente”.


E a satisfação do cliente tem sido um dos principais focos das empresas do seguimento nos últimos anos: problemas nas entregas são um dos principais motivos de desistência de compras on-line. Segundo uma pesquisa realizada pelo E-commerce Radar, 82% dos consumidores brasileiros já abandonaram o carrinho de compras em sites on-line, dos quais 53% desistiram da compra pelo alto valor do frete e 16% pelo prazo de entrega ser muito longo.


“A logística omnichannel pode gerar o aumento do potencial de venda, porque essa interligação entre os canais permite que as necessidades do consumidor sejam atendidas seja pelo meio on-line, seja pelo meio físico. Essas características contribuem para o processo de decisão de compra”, acrescenta o especialista.


Dentre os benefícios da logística omnichannel estão a redução da necessidade de espaços físicos, a redução de custos logísticos, a facilidade na troca de produtos e, consequentemente, como apontou Juliani, a melhora na experiência de compra do consumidor.


Apesar do cenário animador, com o crescimento do e-commerce e com a implementação da logística omnichannel, as empresas precisam estar atentas aos desafios a serem enfrentados. Para Guilherme, “saber gerenciar bem sua frota se tornou ainda mais importante neste último ano devido ao crescimento do e-commerce. É preciso que o aumento das demandas não signifique um atraso nas entregas, razão pela qual é tão importante conhecer bem seus veículos, estudar as rotas e principalmente viabilizar que as mercadorias sejam entregues dentro do prazo”. Ele finaliza dizendo que “manter a comunicação eficiente com o consumidor é crucial para o sucesso da logística omnichannel.


É necessário identificar qual canal o público-alvo utiliza com mais frequência e estar presente nele, mas não apenas nele. Com base em um entendimento sobre o público, sua jornada de compra e seus hábitos, a comunicação com o cliente deve ser feita de modo que integre os canais on-line e off-line”.


0 visualização0 comentário