A Tendência Nostálgica



A cada dia que passa parece que voltamos para os anos 80 e 90, principalmente

se olharmos para as produções mais recentes do cinema, da música e até mesmo da moda.

Com a volta de grandes sucessos dessa época, é imprescindível que analisemos melhor o

recorte das causas dessas décadas impostas nos dias atuais. De influências audiovisuais à

refúgio em tempos de crise, uma coisa é fato: Os tempos da brilhantina estão de volta.

De acordo com o estudo da Parrot Analytics, “Stranger Things” da Netflix é

considerada a maior série do mundo. Desde 2016, podemos creditar a série à ascensão de

toda a estética dos anos 80, juntamente com o sucesso da plataforma de streaming.

Carregado de referências, o grande alcance da série permitiu que sucessos como De Volta

Para O Futuro, Quadrinhos da DC, Karatê Kid, e até a clássica vinheta da época, que já foi

usada por Quentin Tarantino, pudessem ser vistos pela geração atual. Além disso, as

influências das produções visuais como Um Maluco no Pedaço e Todo Mundo Odeia o

Chris sempre estiveram muito presentes aqui no Brasil, contribuindo mais para a presença

da estética dessa década na atualidade.

Um outro aspecto muito importante para analisarmos a tendência do nostálgico é

repararmos no contexto em que este movimento está surgindo. Vivemos em uma época em

que nos acalma apenas o que nos traz esperança. Deste modo, inconscientemente

voltamos nosso olhar para os tempos em que “tudo ia bem”. Com um “empurrãozinho” do

meio streaming e o sentimento de que tudo será bom novamente, o cenário perfeito para

que antigas tendências retornem ao topo está criado.

De todo modo, hoje em dia o saudosismo de tempos bons corroboram para as

tendências atuais, juntamente com a reafirmação audiovisual do meio streaming. A cada dia

que passa a realidade de que as tendências apenas se renovam se tornam mais concretas

e partes do nosso cotidiano. Apesar de serem novidades antigas adaptadas para a

realidade globalizada, a justa singularidade da intersecção dessas características

transforma a época atual em algo único e revolucionário.


- Por Gabriela Malta

18 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo