5 coisas que podemos aprender sobre branding com Rihanna



Na virada do dia 29 para 30 de novembro deste ano, Barbados se tornou uma República e condecorou a artista, cantora, compositora, atriz e empresária Robyn Rihanna Fenty, ou apenas Rihanna, como heroína nacional do país. Apesar do hiato musical, seu nome sempre esteve em alta, comprovando o poder de uma marca, que pode transcender os limites imaginários. De cantora à heroína nacional de seu país, Rihanna revoluciona qualquer mercado em que se estabelece, deste modo, compilei 5 coisas que podemos aprender com o exemplo da lenda e sua marca Fenty Beauty e assim aplicar em nossas aventuras profissionais.


1- Seja fiel a você!


Coerência e posicionamento, essas são as palavras chave.


“Desde o começo, nossa fundadora, Rihanna, se mostrou muito firme com a ideia de que ninguém deveria ficar de fora. (...) Tendo a sua visão como nosso norte, fomos capazes de acertar no lançamento da Fenty Beauty com integridade.”

  • Sandy Saputo


Sandy Saputo é diretora de Marketing da Kendo Brands (que inclui a Fenty Beauty). Através de sua entrevista para o Google podemos ter uma ideia dos bastidores do lançamento da Fenty Beauty - marca de cosméticos de Rihanna que leva seu sobrenome. Com esses pequenos trechos já podemos aprender o básico:


Não hesite em defender aquilo que acredita, dentro dos limites organizacionais. Rihanna possui valores muito bem estabelecidos e que são acompanhados por todos durante sua carreira. Pode até parecer clichê, mas ser fiel à sua essência ou de sua marca traz verdade e credibilidade. Um dos segredos da Fenty é o modo como os valores da marca estão intrínsecos em sua principal representante, a própria Rihanna. Suas culturas conversam entre si, tornando a presença da marca ainda mais poderosa. Não há como olhar para a marca e não lembrar da cantora, e vice e versa. A partir do Savage X Fenty Show (disponível no Amazon Prime Video) essa autenticidade se torna ainda mais real quando sabemos que a lenda fez questão de participar de todo o processo criativo, tornando a marca a sua cara,

2- Mapeie oportunidades úteis!


Rihanna identificou um obstáculo no cenário da beleza que atingia não apenas ela, mas toda a população preta: a pouca diversidade de tonalidades para pele preta. A empresária trouxe algo inserido no cotidiano das pessoas que usam maquiagem e se colocou na brecha. Tal solução se tornou o carro chefe de sua divulgação.


O estudo Pele Negra, realizado pelo Google e divulgado em maio deste ano, revela que 26% das mulheres que compram maquiagem para pele preta ou parda possuem dificuldade de usar base devido à falta de diversidade de tonalidades dos produtos para a pele negra no mercado. Assim, 80% das entrevistadas declararam serem “mais exigentes ao procurar um produto”. Se o cenário é assim hoje, imagine em 2017, ano em que a Fenty Beauty veio ao mundo.


Esteja atento aos gaps do mercado e invista em serviços úteis.


40 tons de base da marca Fenty Beauty em 2017

3- Vá além de sua bolha!


“Lançamos a Fenty Beauty com 40 tonalidades de base, e hoje já temos 50. À época, não havia uma marca que realmente abrangesse todos, da pele mais clara até a mais escura. Alguns tons mais intermediários – como o meu, oliva – não eram plenamente atendidos pelo mercado.” afirma Saputo


A heroína de Bahamas não brinca em serviço. A atriz entendeu a necessidade do mercado e surpreendeu outra vez. Em 2019 a marca já estava com mais de 50 tons de base diferentes. A compreensão do gap vivenciado por Rihanna permitiu que a cantora aplicasse sua solução adaptada a outras realidades. Sua vivência não impediu que ela expandisse o seu segmento e se tornasse referência no mercado da beleza.


O comportamento do mercado hoje é diferente de anos atrás. Analise estrategicamente como o seu produto e/ou serviço pode se encaixar na rotina dos seus públicos e não ao contrário.

50 tons de base da Fenty Beauty em 2019

4- Entenda seus públicos!


Já entendemos que Rihanna não quis deixar ninguém de fora mesmo e trouxe tons de maquiagem para todos. Mas essa representatividade era só um detalhe. De acordo com Sandy Saputo, "Mulheres de culturas sub-representadas e pouco atendidas foram destaque em uma campanha de beleza com prestígio global.


Uma das grandes sacadas da empresária foi a utilização do Marketing Inclusivo, ela entendeu que pessoas reais iriam utilizar seus produtos e por isso deveriam ser estas as protagonistas de sua divulgação. Nas palavras de Saputo, “A inclusão (...) ia além do número de tons lançados: era a nuance bem trabalhada de cada sombra, que também foi usada como sinal de que estávamos no caminho certo. Isso permitiu que muitas mulheres se identificassem com a marca, sentindo-se incluídas. (...) A melhor maneira de romper com a ideia de marketing inclusivo é compartilhar histórias autênticas que tenham raízes na cultura e que sejam emocionalmente valiosas para seus consumidores.”


Entenda a realidade de seus públicos e converse com ela.


5- Não tenha medo de ousar!


O lançamento global da marca foi simultâneo em 17 países na mesma hora, independente de fuso horário. A execução e logística realizada foi impecável e contou com mais de 500 líderes de equipe.


Obviamente, não é todo dia que temos o budget igual ao da Rihanna para poder investir em grandes promoções e eventos. Mas se arriscar e pensar fora da caixa imprime autenticidade, nada será tão seu quanto às suas próprias ideias, únicas e originais. Pense grande, e se não tiver meios para realizar o que planeja, crie novos. Faça dar certo, não tenha medo de colocar a mão na massa. Empreender não é nada glamuroso.


Enfim, rainha, né!?


O impacto da Fenty Beauty na indústria da beleza foi tamanho que hoje marcas que não incluem a diversidade de tons e de produtos para todos os tipos de peles são consideradas ultrapassadas. Vale lembrar que a Fenty está tão atrelada à imagem de Rihanna ao ponto de carregar o sobrenome da própria, e assim não é apenas a marca que se torna referência e ganha prestígio no mercado, mas a própria empresária também. Arrisque-se e brilhe como um diamante. Por Gabriela Malta, do Grupo Mostra de Ideias.

36 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo